Casa Blog Artigos O que é A Lei da Shari’a E O Quão Você Deveria Se Preocupar?

O que é A Lei da Shari’a E O Quão Você Deveria Se Preocupar?

0
Sharia_Islam_Law_Justice

As pessoas temem o que não entendem. A lei da Sharia freqüentemente se enquadra nessa categoria. Mas porquê? Você pode se surpreender ao saber que não é muito diferente dos princípios positivos que tentamos ensinar às crianças, como bondade e responsabilidade. Escolas de todo o mundo pedem aos alunos que sigam as regras de conduta. Empresas e organizações possuem códigos de ética e valores para os funcionários. Da mesma forma, o Islã tem regras e códigos para seus seguidores.

O que é a Lei da Sharia

A palavra Sharia literalmente significa “o caminho” e é entendida como o caminho para a salvação. A Sharia é uma diretriz islâmica para ajudar os muçulmanos a alcançar altos códigos morais e éticos de conduta na sociedade. Aborda muito mais que simples questões legais. Ele destaca a importância das interações diárias e cortesias com outros membros da sociedade. Os princípios da Sharia são baseados nas palavras de Deus no Alcorão e nos ensinamentos do Profeta Muhammad (que a paz e as bênçãos estejam com ele). O foco principal da Sharia é encorajar o tratamento justo de mulheres, crianças, vizinhos, necessitados e até mesmo da natureza.

Além dos oceanos e culturas, é uma regra comum que você não deva cometer assassinato. Seres humanos, em geral, seguem regras e vivem de acordo com o código moral. A sociedade, também, é baseada em moral, mas apenas a moral não é o suficiente pois é subjetiva. Para muçulmanos essas diretrizes e morais vem do Criador, e assim um Muçulmano esforça-se para ser um modelo ideal para a sociedade. A Sharia forma uma referência objetiva fixa para se viver uma vida moralmente ética. Assim, não apenas indivíduos, mas comunidades podem prosperar sob essas diretrizes.

A sharia não é um livro de mandamentos como os do Êxodo. Não é um documento legal para caça às bruxas. Não é um chamado às armas ou a rejeição da sociedade ocidental. É simplesmente uma base para abordar os enigmas da vida.

A Sharia Corta Cabeças e Mãos?

Ao contrário da crença popular, a Sharia não é um conjunto de leis bárbaras e violentas que governa com o extremismo. O Alcorão e os ensinamentos do Profeta Muhammad ﷺ são muito claros em ser justos e graciosos.

Deus nos diz no Alcorão:

De fato, Allah exige a justiça e o bem para os outros; e dando como parentesco; e proíbe indecência e manifesta maldade e transgressão injusta. Ele advertiu que você pode tomar cuidado [Sagrado Alcorão 16:90]

E também nós lembra:

“E quem faz um mal ou é injusto com si mesmo, em seguida, implora perdão a Allah, encontrará a Allah Perdoador, Misericordiador.” [Sagrado Alcorão 4:110]

Antes que qualquer punição possa ser feita, uma série de condições longas e detalhadas devem ser cumpridas para que se julgue alguém culpado de um crime. Por exemplo, apenas alguns requisitos para condenar alguém como ladrão são:

  • Deve haver duas testemunhas confiáveis e honestas ou o acusado confessa duas vezes
  • O acusado não deve ser pobre e necessitado do que ele ou ela tomou (comida – roupa de proteção)
  • O valor do item retirado deve ser superior a quatro gramas e meio de ouro
  • O item foi tirado em um lugar seguro e privado onde o proprietário não pode pedir ajuda
  • O acusado pode pagar ao proprietário pelo item antes de o juiz ter feito o seu veredicto

Como você pode ver, Deus protege sua criação dificultando a condenação de alguém a um crime. Ele coloca o peso da prova no acusador, e não no acusado. As punições são para servir de lembrete e motivação para cumprir as leis e ser um cidadão honesto.

A Sharia É Construida na Bondade e Misericórdia

Aderir aos princípios da Sharia inclui conduzir interações cotidianas com benevolência e compaixão para os outros. O Alcorão defende humildade e bondade como Deus diz:

“…dizei aos homens belas palavras.” [Sagrado Alcorão 2:83]

E também

“…E os servos dO Misericordioso são os que andam, mansamente, sobre a terra, e, quando os ignorantes se dirigem a eles, dizem: “salam!” “Paz!”. [Sagrado Alcorão 25:63]

Os muçulmanos são encorajados a serem gentis, mesmo quando emitem punições. Aqueles que impõem crueldade aos outros, fazem-no contra as orientações de Deus. De fato, o Islã proíbe a violência e proíbe qualquer ataque a civis, mulheres, crianças, locais de culto, plantações e até animais.

O Profeta Muhammad ﷺ disse:

“Aqueles que são misericordiosos serão mostrados a misericórdia pelo Misericordioso. Sê misericordioso para com os que estão na terra e Aquele que está nos céus terá piedade de ti”. [At-Tirmidhī]

A Sharia Clama Por Lei Que Respeite os Cidadãos

A Sharia não é, de maneira alguma, um cartão de “saia da cadeia livre” para que os muçulmanos causem estragos em muçulmanos ou não-muçulmanos desavisados. Na verdade, ela mantém os muçulmanos em um padrão mais elevado e promove a justiça e a paz para todos.

A lei islâmica não encoraja os muçulmanos a rejeitar a constituição da terra em que residem. Isso não é uma substituição das regras de um governo. De fato, a Sharia ordena que os muçulmanos sigam as leis que os cercam, a menos que elas contradigam as diretrizes do Criador.

A razão pela qual a maioria das constituições protege a liberdade religiosa é porque nossos predecessores reconheceram a bondade da religião e que a intolerância é a verdadeira causa da queda social. Você vê uma ameaça quando um muçulmano jejua para o mês do Ramadã, doa uma parte de sua riqueza para os pobres ou reza cinco vezes por dia?

A Sharia Protege o Direito Das Mulheres

As leis da Sharia visam salvaguardar as mulheres dos encargos financeiros e responsabilizar os homens pelo bem-estar de suas esposas e filhos, não importando se a mulher possui sua riqueza pessoal. A propriedade de uma mulher é exclusivamente dela e nunca pode ser tomada pelo marido, irmão ou pai. Esse tipo de independência financeira é um direito recente da maioria das sociedades modernas.

No Islã, as mulheres são altamente respeitadas. Por exemplo, uma mãe merece mais honra do que um pai.

Um homem veio ao Profeta ﷺ e disse:

Ó Mensageiro de Allah! Quem dentre a humanidade merece a melhor companhia de mim? Ele respondeu: “Sua mãe”. O homem perguntou: Então quem? Então ele respondeu: “Sua mãe”. O homem então perguntou: Então quem? Então o Profeta ﷺ respondeu novamente: “Sua mãe”. O homem então perguntou: Então quem? Então ele respondeu: “Então seu pai”. [Bukhari]

Da mesma forma, o Profeta ﷺ declarou que “o mais completo dos crentes na fé é aquele com o melhor caráter. E os melhores de vocês são aqueles que são melhores para suas mulheres”. [At-Tirmidhi]

O Alcorão reconhece que não há vida sem uma mãe e é por isso que as esposas e mães merecem ser tratadas com o maior respeito e bem cuidadas dentro de um casamento. Se ela não é, uma mulher tem o direito de pedir o divórcio se assim o desejar.

Influência Positiva

Há muitos muçulmanos que dedicam suas vidas para tornar o mundo um lugar melhor seguindo a Lei da Sharia. A Sharia encoraja relacionamentos positivos e bondade. É o guia para alcançar bom caráter e ser um benefício para sua comunidade. Por que não dar uma olhada lendo o Alcorão e estudando os ensinamentos do Profeta Muhammad ﷺ

Carregar mais artigos relacionados
Comentários estão fechados.

Verificar também

O Que É Eid? Por Que Os Muçulmanos Celebram Esse Feriado?

Sobre Quê É O Eid? Os Muçulmanos Realmente Divertem-se? Café – Manhã = Café da manhã…