Casa Básicos Propósito da vida Já se perguntou qual é a razão de estarmos aqui?

Já se perguntou qual é a razão de estarmos aqui?

0
O Propósito da Vida

O Propósito Da Vida

A pergunta mais importante da vida é: “Por que estamos aqui?”

Para acumularmos fama e riqueza? Para criarmos música e fazermos nenéns? Para sermos o homem ou a mulher mais ricos do cemitério e fazermos jus ao ditado de que “aquele que morre com mais brinquedos ganha?”

Claro que não! Tem que haver mais na vida do que apenas isso, não acha? Vamos parar para pensar juntos: para começar, dê uma olhada ao seu redor. A menos que viva em uma caverna, você provavelmente estará cercado de coisas que foram feitas por nós mesmos, humanos, certo? Mas… Por que será que as fizemos? Bem, a resposta é óbvia. Fazemos coisas para que possam nos servir. Da mesma forma, por qual outra razão Deus teria nos criado senão para servi-Lo?

Se reconhecermos o nosso Criador e o propósito pelo qual Ele criou a humanidade, mais uma pergunta irá surgir: “Como? Como fazemos para servi-Lo?” A melhor resposta para essa pergunta, quem tem, é exatamente Aquele que nos fez. Se Ele nos criou para servi-Lo, então obviamente espera que nos comportemos de uma certa forma para atingir esse propósito. E que forma é essa? Como é que descobrimos aquilo que Ele espera da gente?

A primeira coisa a se ter em mente é que Deus nos deu a luz para que pudéssemos encontrar o nosso caminho. Mesmo durante a noite, podemos contar com a lua e com as estrelas para navegar. Nem mesmo os animais ficaram de fora, pois ganharam dEle sistemas de guia feitos especialmente para que pudessem se adaptar às condições e às necessidades que possuem. Pássaros migratórios podem se locomover até mesmo em dias mais escuros, observando como a luz está polarizada à medida que passam pelas nuvens. As baleias também conseguem migrar. Para isso, leem dos campos magnéticos da terra. O salmão, em oceano aberto, consegue retornar ao local exato em que nasceu para depositar seus ovos através do cheiro. Dá para acreditar? Peixes conseguem sentir movimentos distantes por meio de receptores de pressão que alinham o seu corpo. Já os morcegos e os golfinhos dos gangues conseguem enxergar através de um sonar. Algumas espécies de organismos marinhos (como a enguia elétrica, que consegue produzir altas voltagens, por exemplo) geram e “lêem” campos magnéticos, que fazem com que elas consigam enxergar em águas lamacentas e em profundezas obscuras do oceano. Insetos conseguem se comunicar através de feromônios. As plantas conseguem sentir a luz solar e crescer em direção à ela (fototropismo). Suas raízes sentem a gravidade e crescem em direção à terra (geotropismo). Para resumir: Deus abençoou cada elemento de Sua criação com orientação. Será que é mesmo possível acreditar que Ele não iria nos orientar sobre o aspecto mais importante de nossa existência, a nossa razão de ser? Que Ele não nos daria as ferramentas que precisamos para alcançar a salvação?

O que, então, O Criador nos diz sobre o propósito da vida? Deus diz no Alcorão que criou o ser humano para ser Seu “administrador” aqui na terra. A responsabilidade básica que ele possui é crer nEle e adorá-Lo. Veja:

“E não criei os jinns e os seres humanos senão para Me adorarem.” [Sagrado Alcorão 51:56]

Muito simples! O propósito da criação do homem é adorar O Criador. A compreensão islâmica de adoração permite que a vida inteira do indivíduo seja um ato de adoração, contanto que o objetivo dela seja agradar à Deus — um objetivo atingido apenas por aqueles que praticam o bem e se abstêm do mal. Uma pessoa pode transformar todas as suas atividades diárias em atos de adoração. Basta que purifique suas intenções e que busque, de forma sincera, o prazer de Deus através delas. O Profeta Muhammad (Que a paz e as bênçãos estejam com ele) disse:

“Cumprimentar uma pessoa é caridade. Agir de forma justa é caridade. Ajudar um homem com seu cavalo é caridade. Dizer uma palavra boa é caridade. Cada passo dado à caminho da oração é caridade. Remover obstáculos do caminho é caridade.”

A adoração fornece aos fiéis muitos benefícios, que contribuem tanto para sua vida espiritual, como para o seu bem-estar no mundo terreno. O corpo humano precisa de recursos materiais para manter sua existência e se proliferar, como comida, bebida e reprodução. Já a alma possui necessidades que só podem ser satisfeitas através da proximidade com Deus, que vem por meio da fé e da obediência, que são adquiridas através da adoração.

Deus Deve ser adorado em todos os momentos, sejam eles de dificuldade ou de prosperidade. Apenas através da consciência que temos dEle é que podemos encontrar a paz interior.

“E, em verdade, sabemos que teu peito se constrange com o que dizem. Então, glorifica, com louvor, a teu Senhor e sê dos que se prosternam. E adora teu Senhor, até chegar-te a certeza.” [Sagrado Alcorão 15:97-99]

“Os que crêem e cujos corações se tranqüilizam com a lembrança de Allah.- Ora, é com a lembrança de Allah que os corações se tranqüilizam.” [Sagrado Alcorão 13:28]

Deus disse também que fez essa vida para que pudesse testar o homem. Dessa maneira, cada pessoa será recompensada após a morte por aquilo que fez.

“Aquele que criou a morte e a vida, para pôr à prova qual de vós é melhor em obras – e Ele é O Todo-Poderoso, O Perdoador .” [Sagrado Alcorão 67:2]

Porém, para adorá-Lo, antes precisamos conhecê-Lo bem. Caso contrário, corremos o risco de desenvolver um conceito errado sobre Ele e acabarmos nos desviando da senda reta. No Alcorão, Deus diz à humanidade aquilo que é e aquilo que não é. Por exemplo, em resposta à uma pergunta sobre Deus que foi feita ao Profeta Muhammad ﷺ, Ele diz:

“Diga (ó, Muhammad!): Ele é Deus, O Único. Deus, Allah O solicitado. Não gerou e não foi geradO; e não há ninguém igual à Ele.” [Sagrado Alcorão 112:1-4]

Carregar mais artigos relacionados
Comentários estão fechados.

Verificar também

Por que Allah (Deus) Enviou Profetas?

As Pessoas Precisam De Profetas? Por que Deus Enviou Profetas? Um livro significativo requ…