O Filho de Deus

0
biblia 2

Jesus é o Filho de Deus?

A crença em Jesus (Que a paz e bênçãos estejam com ele) como um filho de Deus realmente faz sentido? O que exatamente ” filho de Deus ” significa? A verdadeira salvação de Deus pode ser a punição de alguém que é inocente, de algum desses crimes, ser punido como se ele fosse culpado? Deus precisa de alguém para sofrer um severo castigo, mesmo que estejam tentando, dia após dia? Jesus disse para as pessoas tomarem ele como Deus, ou adorá-lo?

Vamos encontrar as respostas para essas e outras questões importantes sobre a natureza de Jesus, do cristianismo e do Islam.”Olhe para os livros.” Para começar, façamos uma simples comparação dos ensinamentos dos livros sagrados de Deus, o Todo Poderoso.

O Alcorão

Dize: “Ó Meus servos, que vos excedestes em vosso próprio prejuízo, não vos desespereis da misericórdia de Allah. Por certo, Allah perdoa todos os delitos. Por certo, Ele é O Perdoador, O Misericordiador.” [Alcorão Sagrado 39:53]

“E quem faz um mal ou é injusto com si mesmo, em seguida, implora perdão a Allah, encontrará a Allah Perdoador, Misericordiador.” [Alcorão Sagrado 4:110]

“Ó humanos! Adorai vosso Senhor, Que vos criou e aos que foram antes de vós, na esperança de serdes piedosos.” [Alcorão Sagrado 2:21]

“Tu não encontrarás um povo, que creia em Allah e no Derradeiro Dia, o qual tenha afeição para quem se oponha a Allah e a Seu Mensageiro, ainda que sejam seus pais ou seus filhos ou seus irmãos ou seus familiares. A esses, Allah prescreveu a Fé nos corações, e amparou-os com Espírito vindo dEle, e fá-los-á entrar em Jardins, abaixo dos quais correm os rios; nesses, serão eternos. Allah Se agradará deles, e eles se agradarão dEle. Esses são o partido de Allah. Ora, por certo, os do partido de Allah, são eles os bem-aventurados.” [Alcorão Sagrado 58:22]

O Novo Testamento

‘’E Jesus lhe disse: Por que me chamas bom? Ninguém há bom senão um, que é Deus.’’ [Marcos 10:18]

Não pensem que vim destruir a lei ou os profetas. Não vim abolir, mas cumprir.
Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til jamais passará da lei, sem que tudo seja cumprido. Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquele, porém, que os cumprir e ensinar será chamado grande no reino dos céus. [Mateus 5:17-19]

Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? [Mateus 7:21-22]

E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade. [Mateus 7:23]

Alguns líderes alegaram. Isso, provavelmente, se refere aos mórmons ou outra pessoa. Não se preocupe quanto a isso.

Gabriel diz que Jesus será chamado filho de Deus e receberá o Trono de Davi para governar a Casa de Jacó para sempre. [Lucas 1:35]

E Cainã de Enos, e Enos de Sete, e Sete de Adão, e Adão de Deus. [Lucas 3:38]

Nota: Adão, não Jesus, é listado nessa genealogia de Jesus como o filho de Deus, não Jesus.

Mais tarde, os sacerdotes estão perguntando Jesus se ele reivindica ser o filho de Deus. De fato, ele lhes diz que são eles que estão fazendo essa reivindicação.

‘’Vocês dizem que eu sou’’

O evangelho de João contém o maior número de referências ao ‘’filho de Deus’’.

Jesus, falando na terceira pessoa, conversou sobre o ‘’filho de Deus’’ em [João 3:17 – João 5:24 – João 11:4 – João 11:27]

Marta, uma das seguidoras, chama Jesus de ‘’ O Messias ‘’, ‘’o filho de Deus‘’ [João 20:31]

Mas nenhum verso faz a declaração exata de que ‘’ Jesus é o filho de Deus e como tal, um ser divino ou Deus’’.

Alcorão

‘’Ó seguidores do Livro! Não vos excedeis em vossa religião, e não digais acerca de Allah senão a verdade. O Messias, Jesus, filho de Maria não é senão o Mensageiro de Allah e Seu Verbo, que Ele lançou a Maria, e espírito vindo dEle. Então, crede em Allah e em Seus Mensageiros, e não digais: “Trindade”. Abstende-vos de dizê-lo: é-vos melhor. Apenas, Allah é Deus Único. Glorificado seja! Como teria Ele um filho?! DEle é o que há nos céus e o que há na terra. E basta Allah por Patrono!’’ [Alcorão Sagrado 4:171]

Observe na Bíblia, a frequente ligação entre a posição de Jesus como o Messias e a filiação.

O termo ‘’ filho de Deus ‘’ não pode, por ele mesmo, ser considerado suficiente para declarar algo único sobre Jesus, como esse termo é usado para muitas pessoas em todo o Antigo e o Novo Testamento. Veja acima: [Lucas 3:38]. Também, em [Isaías 63:8] refere-se à casa inteira de Israel como sendo filhos de Deus.

Paulo nos diz sobre aqueles que são liderados pelo espírito:

Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus esses são filhos de Deus. [Romanos 8:14]

A palavra “Messias” é a que mais parece representar a estação da pessoa prevista para aparecer e levar as pessoas à vitória sobre este mundo.

A Companhia Oxford da Bíblia afirma que os judeus, antes de Jesus, esperavam por um governante profetizado, reinando com eterna justiça, paz e segurança para os ‘’filhos de Israel’’.

A Bíblia

Porque brotará um rebento do tronco de Jessé, e das suas raízes um renovo frutificará – E repousará sobre ele o Espírito do Senhor, o espírito de sabedoria e de entendimento, o espírito de conselho e de fortaleza, o espírito de conhecimento e de temor do Senhor. [Isaías 11:1-2]

Eis que vêm dias, diz o Senhor, em que cumprirei a boa palavra que falei à casa de Israel e à casa de Judá – Naqueles dias e naquele tempo farei brotar a Davi um Renovo de justiça, e ele fará juízo e justiça na terra – Naqueles dias Judá será salvo e Jerusalém habitará seguramente; e este é o nome com o qual Deus a chamará: O Senhor é a nossa justiça – Porque assim diz o Senhor: Nunca faltará a Davi homem que se assente sobre o trono da casa de Israel – Nem aos sacerdotes levíticos faltará homem diante de mim, que ofereça holocausto, queime oferta de alimentos e faça sacrifício todos os dias. [Jeremias 33:14-18]

E meu servo Davi será rei sobre eles, e todos eles terão um só pastor; e andarão nos meus juízos e guardarão os meus estatutos, e os observarão – E habitarão na terra que dei a meu servo Jacó, em que habitaram vossos pais; e habitarão nela, eles e seus filhos, e os filhos de seus filhos, para sempre, e Davi, meu servo, será seu príncipe eternamente – E farei com eles uma aliança de paz; e será uma aliança perpétua. E os estabelecerei, e os multiplicarei, e porei o meu santuário no meio deles para sempre – E o meu tabernáculo estará com eles, e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo – E os gentios saberão que eu sou o Senhor que santifico a Israel, quando estiver o meu santuário no meio deles para sempre. [Ezequiel 37:24-28]

O cetro não se arredará de Judá, nem o legislador dentre seus pés, até que venha Siló; e a ele se congregarão os povos. [Gênesis 49:10]

Vê-lo-ei, mas não agora, contemplá-lo-ei, mas não de perto; uma estrela procederá de Jacó e um cetro subirá de Israel, que ferirá os termos dos moabitas, e destruirá todos os filhos de Sete – E Edom será uma possessão, e Seir, seus inimigos, também será uma possessão; pois Israel fará proezas – E dominará um de Jacó, e matará os que restam das cidades. [Números 24:17-19]

Deus Encarnado? Não aqui
A Bíblia

Natan, o profeta (filho de Salomão) disse: ‘’O Senhor declara a você que Ele próprio estabelecerá uma casa para você, quando tiver terminado os seus dias e descansar com seus pais, Eu irei levantar a sua descendência para que você venha de seu próprio corpo, e estabelecerei seu reino. Ele é aquele que construirá uma casa para o meu Nome e estabelecerá o trono de seu reino para sempre. Eu serei seu pai e ele será meu filho’’. ( O livro de Hebreus, no Novo Testamento termina aqui ). Samuel continua: “Quando teus dias forem completos, e vieres a dormir com teus pais, então farei levantar depois de ti um dentre a tua descendência, o qual sairá das tuas entranhas, e estabelecerei o seu reino – Este edificará uma casa ao meu nome, e confirmarei o trono do seu reino para sempre – Eu lhe serei por pai, e ele me será por filho; e, se vier a transgredir, castigá-lo-ei com vara de homens, e com açoites de filhos de homens – Mas a minha benignidade não se apartará dele; como a tirei de Saul, a quem tirei de diante de ti. [2 Samuel 7:12-15]

“Você é meu filho, hoje eu gerei você.” [Hebreus 1:5]

Isso sustenta a doutrina de que Jesus é o “filho gerado de Deus”?

O Antigo Testamento

David está afirmando o que Deus proclamou sobre o relacionamento dele com Deus: “Proclamarei o decreto: o Senhor me disse: Tu és meu Filho, eu hoje te gerei.” [Salmos 2:7]

Nota: a nova versão internacional diz que o verso poderia ser traduzido como ‘’tornar o seu pai’’ ou como ‘’gerado você’’ em inglês ou grego.

O Novo Testamento

“Ele será chamado de o filho de Deus” [Lucas 1:35]

Nota: Isso não afirma que ele ‘’é’’ o filho, mas, de preferência, ele será ‘’chamado’’ de o filho de Deus. Ou ele era o “ungido para pregar boas notícias aos pobres”. profetizado por Isaías, e o Messias proclamado por Gabriel, os seguidores de Jesus, o mesmo e o restante do Novo Testamento, ele, evidentemente, não seria Deus.

“Eu vos digo a verdade’’, Jesus respondeu: ‘’Antes Abrãao fosse, eu sou!’’ [João 8:58]

‘’Eu sou’’ é o termo usado para identificar Deus à Moisés (Que a paz e bênçãos estejam com ele)

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”  [João 3:16]

Isso, na verdade, não define Jesus como Deus, ou como o Messias, ou como um profeta. Nota: Na verdade, esse foi modificado por Jerônimo no século 4. Ário (antiga história da igreja) um líder popular de Alexandria, Egito, argumentou que Jesus foi criado, não gerado.

Ele foi acusado de heresia e seus seguidores foram horrivelmente oprimidos pela igreja. Depois que o assunto foi decidido e confirmado pelo Conselho de Nicea, em 325 d.C, e feito um esforço para consolidar ambas as crenças, Jerônimo alterou a versão original do Evangelho de João 3:16, mudando a palavra monógenos (único) e substituiu a palavra engenhoso, significando apenas unigênito.

Que outras interpretações os primeiros pais da Igreja inventaram para satisfazer suas reivindicações da divindade de Jesus? Boa pergunta.

O Novo Testamento

“Mas, se as faço, e não credes em mim, crede nas obras; para que conheçais e acrediteis que o Pai está em mim e eu nele.”  [João 10:38]

‘’Não crês tu que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo não as digo de mim mesmo, mas o Pai, que está em mim, é quem faz as obras.’’ [João 14:10]

Lendo mais além, no mesmo capítulo: ‘’Naquele dia conhecereis que estou em meu Pai, e vós em mim, e eu em vós.’’ [João 14:20]

Então, como Ele vive em seus discípulos e como eles vivem Nele? E se vivem, eles são também, filhos de Deus ou Deuses? Outra boa pergunta. ‘’Mas qualquer que guarda a sua palavra, o amor de Deus está nele verdadeiramente aperfeiçoado; nisto conhecemos que estamos nele – Aquele que diz que está nele, também deve andar como ele andou.’’[1 João 2:5-6]

(Esta é uma palavra epístola (carta) escrita por outro João, não o João do Evangelho e nem João Batista.)

Nota: Isso indica, que ‘’vivendo em Deus’’ significa obedecer aos comandos de Deus e seguir o caminho de Jesus.

Duas vezes, no Novo Testamento, Jesus diz para seus seguidores como orar, dizendo: ‘’Quando você orar, diga isso…’’
E as palavras são muito claras, seja a vontade de Deus assim na Terra como no Céu.

A Bíblia

E eu dei-lhes a glória que a mim me deste, para que sejam um, como nós somos um – Eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, e para que o mundo conheça que tu enviaste a mim, e que tens amado a eles como tens amado a mim. [João 17:22-23]

A palavra usada ao longo dos capítulos 10 e 17, para a unidade ou um era o mesmo, significa o número um. Há outra palavra ‘’hen’’ que significa uma unidade de essência. Contudo, ‘’hen’’ não está em nenhum lugar nesses capítulos. Nota: A conclusão é que essa é uma oração de Jesus para Deus, que todos os seus seguidores teriam o mesmo relacionamento que ele (Jesus) tinha.

Compreendendo a palavra, um significado a maneira como ela está sendo usada. Por exemplo um homem e uma mulher se tornarem um quando eles se casam. Alguém pode dizer, Um espera pelo sucesso ou Nós somos um em acordo. Jesus deveria, supostamente, ter dito: ‘’Se vocês tiverem me visto, vocês viram o Pai.’’

Na própria Bíblia, encontramos o versículo em que Jesus ﷺ diz a seus seguidores que, se eles aceitaram uma pequena criança, então eles também aceitaram Jesus. Naturalmente, ele não quis dizer que o filho era Deus ou que ele era criança.

Cristãos são instruídos, desde cedo, a fazerem coisas boas e servirem aos outros. Eles estão, de fato, permitindo que vejam Jesus neles.

Porquê nós nos apegamos a doutrinas, mesmo depois de perceber a incorreção e os falsos ensinamentos?

Ainda, outra boa pergunta. A bíblia, claramente, ensina que Jesus é um homem, nasceu de uma mulher sem qualquer pai, fortalecido por um espírito de Deus (Gabriel), enviado por Deus para ensinar as crianças de Israel o verdadeiro significado da crença e ações corretas (seguindo os mandamentos) que Deus aceitaria deles e como tal, seu caminho para a salvação.

Mais uma vez:

A Bíblia

“No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.’’ [João 1:1]

Jesus era o ‘’verbo de Deus’’.

O Alcorão

Ó seguidores do Livro! Não vos excedeis em vossa religião, e não digais acerca de Allah senão a verdade. O Messias, Jesus, filho de Maria não é senão o Mensageiro de Allah e Seu Verbo, que Ele lançou a Maria, e espírito vindo dEle. Então, crede em Allah e em Seus Mensageiros, e não digais: “Trindade”. Abstende-vos de dizê-lo: é-vos melhor. Apenas, Allah é Deus Único. Glorificado seja! Como teria Ele um filho?! DEle é o que há nos céus e o que há na terra. E basta Allah por Patrono! [Alcorão Sagrado 4:171]

É difícil para nós, admitir que fomos enganados há tantos anos por muitas pessoas, algumas delas muito próximas e queridas por nós. A verdade é que alguém mentiu para nós, de propósito. Também é difícil considerar as consequências da perda de fé na doutrina da Igreja, por medo de perder completamente a fé em Deus. Mas há uma esperança maravilhosa, graça, misericórdia e salvação para aqueles que venham para a crença correta e obedeçam aos mandamentos.

Sabedoria ou Informação? Companhia de Oxford para a Bíblia. As palavras ‘’sabedoria’’ e ‘’informação’’ eram sinônimos (exatamente as mesmas palavras) no pensamento judeu no tempo de Jesus.

 O Antigo Testamento

O Senhor me possuiu no princípio de seus caminhos, desde então, e antes de suas obras.
Desde a eternidade fui ungida, desde o princípio, antes do começo da terra.
Quando ainda não havia abismos, fui gerada, quando ainda não havia fontes carregadas de águas.
Antes que os montes se houvessem assentado, antes dos outeiros, eu fui gerada.
Ainda ele não tinha feito a terra, nem os campos, nem o princípio do pó do mundo.
Quando ele preparava os céus, aí estava eu, quando traçava o horizonte sobre a face do abismo;
Quando firmava as nuvens acima, quando fortificava as fontes do abismo,
Quando fixava ao mar o seu termo, para que as águas não traspassassem o seu mando, quando compunha os fundamentos da terra.
Então eu estava com ele, e era seu arquiteto; era cada dia as suas delícias, alegrando-me perante ele em todo o tempo
[Provérbios 8:22-30]

O Senhor, com sabedoria fundou a terra; com entendimento preparou os céus. [Provérbios 3:19]

APOCRYPHA (livros escondidos da bíblia). Sabedoria I e Sabedoria II. Sirach (também chamado de Eclesiastes) escrito por Jesus Ben Sira, um judeu devoto de Jerusalém, 200 anos antes de Cristo. Esses textos eram uma parte da bíblia até o tempo dos calvinistas e a reforma protestante (por isso a palavra – protesto). Pergaminhos encontrados em Wadi Qumram e Masada confirmam que esses sempre foram uma parte da versão antiga da bíblia, mas, obviamente, não é algo com que os protestantes quisessem lidar.

Sabedoria afirma: ‘’A sabedoria se exalta e fala de sua glória no meio do povo. Na assembleia do Altíssimo, ela abre a boca, e na presença de seus exércitos ela fala da sua glória: ‘’Eu saí da boca do Altíssimo e cobri a Terra com uma névoa. Eu morava nos céus mais altos, e meu trono estava em um pilar de uma nuvem. Sozinho cercava a abóbada do céu e atravessava as profundezas do abismo. Sobre ondas do mar, sobre toda a Terra, e sobre todo povo e nação eu tenho dominado. Entre todos estes, procurei um lugar de descanso; em que território devo residir? Então o Criador de todas as coisas me deu um comando, e meu Criador escolheu o lugar da minha tenda. Ele disse: Faça a sua habitação em Jacó, e em Israel, receba sua herança. Antes das eras, no começo ele me criou, e por todas as eras não deixarei de ser. Na tenda sagrada, eu ministrava diante dele, e então fui estabelecido em Sião. Assim, na cidade amada, ele me deu um lugar de repouso, e em Jerusalém era meu domínio. Eu me radiquei em um povo honrado, na porção do Senhor, sua herança.’’ [Sirach 24:1-12]

‘’Pois ela é um sopro do poder de Deus, e uma emanação pura da glória do Todo-Poderoso; portanto, nada de mal ganha entrada nela. Pois ela é um reflexo da luz eterna, um espelho imaculado da obra de Deus e uma imagem da Sua bondade. Embora ela seja apenas uma, ela pode fazer todas as coisas, e enquanto permanece em si mesma, ela renova todas as coisas; em cada geração ela passa para as almas sagradas e as torna amigas de Deus, e profetas.’’ [Juízo de Salomão 7:25-27]

O início do Evangelho de João indicou que ele acreditou que o Espírito foi enviado por Deus a Jesus, que foi o Espírito da Sabedoria, Espírito da Profecia, enviado a todos os profetas com os mesmos mandamentos e sabedoria? Poderia o Espírito da sabedoria estar com Deus desde a criação? Ou talvez o Espírito fosse a Palavra de Deus que foi proferida ou respirada por Deus no começo e depois continuou junto com Deus no resto da criação?

Bíblia Apócrifa

“Pela sabedoria, o formador de todas as coisas me instruiu.” [Sabedoria de Salomão 7:22]

O Espírito da Sabedoria poderia ser o Espírito Santo que conversou com Maria sobre ela ter um filho? E o mesmo Espírito Santo que desceu sobre ele no seu batismo?

A Bíblia

E João testificou, dizendo: Eu vi o Espírito descer do céu como pomba, e repousar sobre ele. [João 1:32]

Tudo isso confirma, sem dúvida, que os escritores do Antigo Testamento e do Novo Testamento estavam definitivamente à procura de um Messias ou líder escolhido do caminho da salvação nesta vida e na próxima.

A palavra em hebraico para ‘’o escolhido’’ ou ‘’ungido’’ ou “designado” é ‘’o Messias’’.
A palavra em Koiné Grego para ‘’Messiah’’ é Christos (tornou-se Cristo).
A palavra em árabe é ‘’Massih’’.

Jesus pediu para as pessoas rezarem para ele, ou para rezarem com ele para o Deus que o enviou? Jesus alegou ser Deus? O termo ‘’filho de Deus’’ pode, em português, realmente apresentar o significado pretendido pelos escritores da bíblia? Agora, vamos comparar com compaixão e sabedoria em nossos corações. Qual dos dois conceitos faz mais sentido entre o Islã e o Cristianismo quando se trata do assunto de Jesus?

Vamos comparar os dois e ver o que nossa sabedoria e bom senso nos dizem: De acordo com os ensinamentos do Islã, do Alcorão e das palavras do último profeta, Muhammad (Que a paz e bênçãos estejam com ele), Jesus, o filho de Maria, foi previsto. Ele veio à terra como um bebê com uma mãe, mas sem pai. Ele fez milagres maravilhosos com a permissão de Allah, incluindo, até mesmo, trazer um homem morto de volta à vida. Ele demonstrou para seus seguidores o melhor comportamento e obediência aos mandamentos de Deus. E de acordo com a Bíblia, ele pessoalmente orou e pediu a Deus, o Todo-Poderoso, para salvá-lo do destino de ir à cruz.

A Bíblia indica que as orações de Jesus em Gethsēmani ficaram sem resposta, apesar de ter permanecido durante a noite chorando e pedindo a Deus: “Deixe este cálice passar de mim, mesmo assim, Sua vontade será feita.” No entanto, de acordo com o Alcorão, Deus Todo-Poderoso respondeu suas orações. Ele não foi à cruz, mas sim a semelhança dele foi colocada em outra pessoa que foi à cruz e Deus Todo-Poderoso, fez com que Jesus fosse salvo, protegido e ele está com Deus e retornará nos Últimos Dias para levar os verdadeiros crentes à vitória sobre os malvados. Alguns até especularam que quem estava na cruz era Judas Thomas Iscariot, que entregou Jesus e seus seguidores por trinta peças de prata.

Load More Related Articles
Comments are closed.

Check Also

O Alcorão: Uma Fonte de Orientação

A última manifestação da graça de Deus para o homem, a sabedoria suprema e a suprema belez…