Casa Básicos Profeta Muhammad O Casamento do Profeta Muhammad ﷺ com Aisha – Uma História de Amor Eterno

O Casamento do Profeta Muhammad ﷺ com Aisha – Uma História de Amor Eterno

1
O casamento de Aisha

Por que o Profeta Muhammad (que a paz e as bênçãos estejam com ele) se casou com Aisha quando ela era tão jovem?

O que é importante para nós entendermos sobre o casamento de Aisha com o Profeta ﷺ é que não podemos aplicar nossos padrões em 2019 para pessoas de mais de 1.400 anos atrás e vice-versa. Quando as pessoas colocam vidas há 1.400 anos no contexto do século XXI, é como se admitissem não compreender o contexto histórico ou ter tido uma aula de história em suas vidas. E isso é simplesmente triste.

A Vida no Século 7 DC

Nós não vivemos no mesmo mundo. No século 7, as pessoas não tinham a garantia de ver a madura idade dos 30 anos. As pessoas amadureciam cedo e estavam prontas para o casamento muito antes. Olhando para trás, algumas centenas de anos, a idade legal do casamento era tão jovem quanto qualquer coisa entre 10-14 anos de idade.

Richard A. Posner, juiz-chefe do tribunal de apelações dos EUA, escreve: “A lei que rege a idade do consentimento mudou dramaticamente nos Estados Unidos durante este século. A maioria dos estados codificou uma idade legal de consentimento durante o século XIX, e a idade usual era de dez anos. ”[Um Guia para as Leis do Sexo na América, de Richard A. Posner & Katharine B. Silbaugh, pág 44].

Casamento no Século 7 DC

A prática de se casar cedo não foi uma aberração para o povo durante o tempo do Profeta Muhammadﷺ e Aisha. Cristãos, judeus e pagãos todos se casaram muito jovens.

Então, se vamos criticar o casamento do profeta Muhammad ﷺ com Aisha, por que não temos um problema com o rei João da Inglaterra casando com Isabella, de 12 anos, de Angoulême?

Foi assim que as coisas funcionaram para todos.

Educação e Casamento

Uma das muitas boas razões pelas quais nos casamos hoje (ou podemos consentir) depois das 18 é por causa do nosso sistema educacional. Nós vamos à escola até a idade de 18 anos na maioria dos casos, às vezes muito mais, às vezes um pouco menos. Mas 18 é o momento em que nós, na sociedade ocidental, teremos educação suficiente para potencialmente chegar à sociedade – conseguir um emprego, saber como as coisas funcionam, ser informados sobre nosso governo.

Mas no passado, e mesmo a um século atrás, a educação era muito truncada. As pessoas sabiam tudo o que aprendiam quando ainda eram jovens. Aisha foi totalmente educada nos modos e meios de viver em sua sociedade no momento de seu casamento. E além de ser totalmente educada em seu contexto, ela estava se casando com um homem que lhe daria ainda mais educação. Então, seu casamento foi vantajoso para a sua educação e não uma perturbação.

Aisha tornou-se uma das maiores estudiosas do Islam por causa de seu casamento. Muito do que sabemos sobre o Islam hoje veio dos seus estudos.

Casamento e Consentimento de Aisha

Também temos que levar em conta o consentimento. Tragicamente, a maioria das mulheres no tempo de Aisha não foram solicitadas a consentir em seus casamentos. Ela foi. E ela consentiu. O Islam exige consentimento.

Ó vós que credes! Não vos é lícito herdar (casamento) às mulheres, contra a vontade delas. Nem tratá-las com aspereza.” [Sagrado Alcorão 4:19]

Ela também estava noiva de outra pessoa ainda mais cedo em sua vida. Para este compromisso, o seu consentimento não foi solicitado e o compromisso foi quebrado.

Maturidade

Além de ter concluído a sua educação contemporânea, tendo dado o seu consentimento, Aisha também tinha atingido uma maturidade de idade. Ela amadureceu cedo em uma sociedade que teve que amadurecer mais cedo porque a vida era bem dura e decididamente curta. Se o casamento não acontecesse depois que a maturidade fosse atingida, não há certeza de que, como espécie, teríamos sobrevivido.

Também, sabemos que Aisha foi considerada adulta em seu contexto porque, no Islam, uma criança não pode dar o consentimento ao casamento ou qualquer contrato legal como um contrato de casamento. A idade em que se pode consentir no casamento é quando a pessoa está completamente crescida e atingiu a plena maturidade e força da idade adulta, o que varia de pessoa para pessoa, de era para era, e de sociedade para sociedade.

Use Seu Contexto

Não podemos julgar as pessoas de séculos passados pelos nossos padrões. Dizer que o casamento de Aisha com o Profeta Muhammad ﷺ foi algum tipo de crime é como dizer que o Profeta ﷺ foi rigoroso porque ele não deixou nenhum de seus companheiros ter uma conta no Twitter. É um absurdo! Temos que colocar as coisas em seu contexto.

Agora, para os muçulmanos que pensam que os casamentos em idades jovens ainda são bons, eles perderam a cabeça. Os mesmos pontos que faço também funcionam ao contrário. Nós não amadurecemos tão rapidamente e não estamos prontos para o casamento tão cedo quanto as pessoas estavam no passado, e usar o casamento de Aisha como um exemplo é seriamente falho e uma deturpação do Islam porque eles não levam em conta as diferenças sociais extremas no casamento no nosso mundo agora e antes. É tudo sobre contexto.

Carregar mais artigos relacionados
Comentários estão fechados.

Verificar também

Por que o Islam Proíbe o Consumo de Álcool?

O álcool tem sido o flagelo da sociedade humana desde os tempos imemoriais. Ele continua a…