Casa Questões Allah Allah é o Deus da lua?

Allah é o Deus da lua?

0
Allah é o Deus da lua

É verdade que Allah é o Deus da Lua?


O Sagrado Alcorão prova: “Allah” NÃO é o “Deus da lua”

“E, entre Seus sinais, está a noite e o dia e o sol e a lua. Não vos prosterneis diante do sol nem da lua, e prosternai-vos diante de Allah, Quem os criou, se só a Ele adorais.” [Sagrado Alcorão 41:37]

O conhecido cristão que me enviou uma cópia do livreto de Morey também me enviou cinco questões relacionadas a esse assunto. Vou tentar respondê-las abaixo:

Qual é o significado da lua crescente no Islã?

O Sagrado Alcorão responde esta pergunta antes de você perguntar. Leia este verso:

“Interrogar-te-ão sobre os novilúnios. Dize-lhes: Servem para auxiliar o homem no cálculo do tempo e no conhecimento da época da peregrinação…” [Sagrado Alcorão 2:189]

Por que o Islã segue um calendário lunar?

Tanto na Bíblia quanto as festas religiosas do Sagrado Alcorão são reguladas pelo calendário lunar. Judeus e muçulmanos mantiveram esses regulamentos que eles acreditam ser de Deus. Por que o cristianismo segue um calendário solar?

Por que a festa do Ramadã é marcada pela aparência da lua crescente?

Eu acho que você quer dizer o jejum do Ramadã. Deus ordenou aos muçulmanos no Sagrado Alcorão que passassem do amanhecer ao pôr-do-sol durante o mês chamado Ramadã (ver Quran 2:185, 187). O início e fim do mês é determinado pela lua crescente (2:189) baseado na instrução do Mensageiro de Deus (Que a paz e bênçãos estejam com ele).

Por que esse método e não outro não é para nós, mas para Deus e Seu Mensageiro ﷺ prescrever. No entanto, acho um método eficiente. É um método universalmente aplicável, e permite que o Ramadã se mova através de todas as estações. Isso permite que os crentes tenham o prazer de adorar a Deus através do jejum em todas as várias estações: um ano no verão, alguns anos depois, no inverno.

Por que o Sagrado Alcorão coloca os sabinos no mesmo nível com judeus e cristãos quando os estudiosos demonstraram claramente que os sabeus estavam envolvidos no culto da lua?

Não estou ciente de que o Sagrado Alcorão colocou os sabeus no mesmo nível com judeus e cristãos.
Talvez você tenha em mente o seguinte verso:

“Os fiéis, os judeus, os cristãos, e os sabeus, enfim todos os que crêem em Deus, no Dia do Juízo Final, e praticam o bem, receberão a sua recompensa do seu Senhor e não serão presas do temor, nem se atribuirão.” [Sagrado Alcorão 2:62]

Também:

“Por certo, os que crêem e os que praticam o judaísmo e os sabeus e os cristãos, aqueles dentre eles que crêem em Allah e no Derradeiro Dia, e fazem o bem, por eles nada haverá que temer, e eles não se entristecerão.” [Sagrado Alcorão 5:96]

Este verso, no entanto, não colocam os Sabeus no mesmo nível que os judeus e os cristãos, exceto em um contexto particular. O verso fala de quatro comunidades distintas e oferece a todas as quatro a oportunidade de não temer nem se afligir se apenas acreditassem em “Allah”, no último dia e praticassem o bem. As quatro comunidades são:

. os crentes (ou seja, os muçulmanos)
. os judeus
. os cristãos
. os sabeus

Embora seja oferecido a mesma oportunidade de melhoria, nada é dito neste versículo sobre a validade das crenças existentes nessas quatro comunidades. Caso contrário, os judeus e os cristãos que são criticados no Sagrado Alcorão por seus desvios não serão colocados no mesmo nível com os crentes. O assunto fica claro quando você percebe que os crentes aqui não significam pessoas salvas, mas aqueles que ostensivamente pertencem à comunidade de muçulmanos. Eles, assim como os outros três grupos, devem fazer o seguinte para serem salvos: acreditar em “Allah”, acreditar no último dia. Fazer o bem, de acordo com o Sagrado Alcorão, inclui seguir todos os ensinamentos de Muhammad ﷺ.

Os povos de Mecca adoraram o Deus verdadeiro assim que eles reconheceram “Allah”? “Allah” era um dos deuses da Caaba? E, em caso afirmativo, onde os povos de Mecca obtiveram o reconhecimento e o nome de “Allah”?

Primeiro, “Allah” não era um dos 360 ídolos que estavam na Caaba, embora Morey tenha reivindicado isso sem provas. Quando o Profeta Muhammad ﷺ entrou em Mata, vitorioso, ele entrou na Caaba e quebrou os ídolos nela.

Em segundo lugar, a palavra “Allah” tem sido usada como o nome de “Deus” na Bíblia Árabe para judeus e cristãos. A prova é fácil de verificar; Simples, vá para qualquer hotel ou motel na terra e olhe na gaveta ao lado da cama e tire a Bíblia de cortesia, colocada lá pelo Gideões e depois veja na página 5 ou 6 onde eles enumeram os exemplos de traduções que eles fizeram em outras línguas. O segundo exemplo dado é para falantes árabes. O versículo é do Evangelho de João, capítulo 3, versículo 16. Todos conhecem esse; “Porque Deus amou tanto o mundo …” e a palavra em árabe para “Deus” é “Allah”. Então, se você tem uma Bíblia em árabe, olhe na página um em Gênesis, e você encontrará a palavra “Allah” 17 vezes.

Em seguida, a palavra “Deus” para os árabes, desde o tempo de Abraão (A paz esteja com ele) foi “Allah” e Ele é para eles, o Senhor da Caaba (a caixa preta no centro do santuário sagrado em Meca). Ele era o Deus invisível a quem eles deveriam invocar quando estivessem em perigo. Sim, eles adoraram o Deus verdadeiro, mas sua adoração não era puramente para ele. Eles também adoravam outros deuses pensando que eles iriam atuar como intermediários entre eles e o verdadeiro Deus Allah.

Os árabes sabem de Deus porque Abraão visitou Meca e junto ao seu filho Ismael estabeleceu as bases da Caaba. Os descendentes de Ismael mantiveram alguns dos ritos e crenças de adoração de Abraão. Isso inclui seu conhecimento do Deus verdadeiro Allah.

Em outros lugares, mostramos de forma conclusiva que o verdadeiro Deus, “El” da Bíblia é o mesmo “Allah” no Sagrado Alcorão.

Carregar mais artigos relacionados
Comentários estão fechados.

Verificar também

Por que Allah (Deus) Enviou Profetas?

As Pessoas Precisam De Profetas? Por que Deus Enviou Profetas? Um livro significativo requ…